Voltar

Inspire-se no sucesso da Pizza Hut para alavancar seu restaurante

Presente em 60 cidades brasileiras e com 180 lojas espalhadas por 23 estados do país, Pizza Hut é sinônimo de qualidade – de produto e serviços.  Saiba mais sobre essa história de sucesso que atravessou fronteiras para firmar no Brasil uma das maiores operações da rede.

Pizza Hut: como tudo começou – ou a história de dois irmãos, pouco dinheiro e uma boa ideia

A história da Pizza Hut, uma das maiores redes de restaurantes do mundo, começou no ano de 1958, nos Estados Unidos, quando os irmãos Carney pediram à mãe que emprestasse 600 dólares para começarem um negócio.

Na cidade de Wichita, no Kansas, eles abriram uma pizzaria e deram o nome de Pizza Hut. O motivo deste nome? Segundo consta, a placa na entrada só tinha espaço para 8 letras, então...

O crescimento do restaurante foi rápido e impressionante. Isso porque o sabor era delicioso e o serviço oferecido dava aos clientes a sensação de estarem sendo recebidos pela família.

O movimento de quase um milhão de pessoas por mês, leva a crer que as pessoas que vão a uma loja, dessa que é uma das maiores franquias do país, continuam encontrando esse dois grandes diferenciais que fizeram a marca crescer e se estabelecer nos quatro cantos do planeta.

Mas não era só essa a preocupação dos irmãos fundadores da Pizza Hut. Eles tinham outros cuidados que, assim como a qualidade da pizza e do atendimento, merecem ser conhecidos e copiados pelos estabelecimentos que servem refeições:

  • Criteriosa seleção de ingredientes – a história diz que os irmãos conheciam os agricultores e iam até eles para escolher os ingredientes para sua pizzaria – aliás, se você também deseja abrir uma pizzaria, veja nossas dicas;
  • A escolha de fornecedores era igualmente muito cuidadosa e só os que ofereciam produtos à altura do produto que desejavam oferecer, tinham vez em suas negociações. Sim, preço é essencial, mas de nada adianta se o produto não tiver qualidade;
  • Ouvir os clientes também sempre foi prioridade dos fundadores. Mas ouvir de verdade, tentando identificar – mesmo nos elogios – de que forma era possível aprimorar, surpreender, encantar seus consumidores;
  • Inovar, oferecendo produtos diferentes e que agradasse os clientes já conquistados e, ao mesmo tempo, pudesse atingir novos consumidores;
  • Pensar no restaurante não como um negócio apenas, mas como um ponto de encontro para a família e para os amigos. Um espaço onde todos se sentissem confortáveis e felizes por ali estar e, claro, tivessem vontade de retornar, trazendo outras pessoas para compartilhar momentos especiais curtindo uma pizza com sabor único.

A história da Pizza Hut é muito significativa e oferece preciosos ensinamentos, mas claro que a grande maioria dos estabelecimentos não vão se firmar entre as maiores redes de restaurantes do mundo, tampouco, se tornar franquias brasileiras.

Não significa, porém, que não podem crescer e oferecer o melhor serviço e produto, obtendo melhores resultados. Confira o próximo tópico.

Seu restaurante não precisa ser igual à Pizza Hut, mas pode crescer

Ninguém abre um restaurante se não tiver desejo de vê-lo crescer, não é mesmo? Afinal, são muitos esforços empreendidos, muitas pessoas que dependem dele para sobreviver, enfim, seu restaurante precisa – e merece - dar certo!

No tópico anterior mostramos algumas posturas necessárias para isso, mas é preciso fazer mais. Ter uma equipe bem treinada, cuidar do visual e da divulgação do estabelecimento, ter controle financeiro são itens imprescindíveis.

E não podemos nos esquecer do cardápio que, mais do que bem elaborado, exige ser bem planejado considerando: público, localização, capacitação da equipe que prepara os pratos, entre outras considerações.

Nesse contexto, a engenharia de cardápio, ferramenta metodológica que analisa a rentabilidade dos pratos oferecidos no menu, tem papel estratégico no momento de avaliar os pratos oferecidos, identificando os que devem ser mantidos, os que têm potencial para se tornarem mais atrativos aos clientes (e como fazer isso) e, até mesmo, quais o que estão dando prejuízo e, por isso, precisam ser excluídos definitivamente.

Sendo um dos elementos mais importantes em um restaurante – seja o Pizza Hut ou um estabelecimento pequeno – o cardápio merece total atenção, pois ele é um dos principais responsáveis pelo sucesso (ou não) do empreendimento. Por isso, sugerimos a leitura do artigo Engenharia de Cardápio: o que é afinal?

Sem dúvida alguma, a Pizza Hut consolidou-se como uma das maiores redes de restaurante do mundo por conta de muito trabalho e pelo foco na qualidade. Você pode fazer o mesmo por seu estabelecimento, começando por implantar uma ficha técnica de restaurante – baixe nosso modelo aqui e começa a usar já!

E se quiser conversar sobre outras providências para alavancar o sucesso de seu restaurante, nós podemos te ajudar. Vamos conversar sobre isso?