Voltar

Como atrair clientes para restaurante: 10 ideias comprovadas (a 6ª é nossa preferida)

Atrair e fidelizar clientes são premissas essenciais para qualquer negócio, mas por si só não são tudo. São necessárias ações de Comunicação, Marketing e Relacionamento para conquistá-los a longo prazo e, principalmente, reter os que mais geram lucro com incentivos consistentes. Confira abaixo 10 ideias comprovadas de como atrair clientes para restaurante. 

1 – Defina o público alvo (target)

Ao definir como atrair clientes para seu restaurante, faça questionamentos como “qual a necessidade que meu restaurante supre?”; “Qual o perfil de clientes que o frequenta?”; “Quais as preferências?”; “Quanto estão aptos a gastar por prato?”. Formule as respostas e com base nelas, já é possível ter uma noção mais ampla com qual tipo de público você pretende se comunicar.

Quer uma ajuda? O Matheus Lessa, especialista em gestão para bares e restaurantes pode te ajudar muito nessa parte

2 – Divulgue seus diferenciais

Avalie no que seu restaurante é referência e destaque. Se ele funciona 24 horas em uma cidade onde é raro esse tipo de serviço, já conta como vantagem e diferencial na divulgação. Use sua criatividade para oferecer pratos originais e fuja da mesmice da região. Um menu voltado para crianças e/ou bebês, contendo sopas, purês e sobremesas especiais podem ser um diferencial interessante, de acordo com o seu público-alvo.

3 – Ambiente adequado não é só decoração...

O ambiente exerce influência na hora de atrair clientes, mas além de uma decoração e características peculiares, o ponto precisa conter com outros elementos que facilitem a vida do cliente. A primeira delas é oferecer sinal Wi-Fi – imprescindível em uma era de smartphones e outros dispositivos móveis conectados. Se o restaurante não está localizado em um shopping ou centro comercial, é uma boa ideia providenciar um local para garantir que sua clientela tenha onde estacionar o carro.

4 – ... Mas a decoração também é importante

No que diz respeito à decoração, busque produzir um ambiente condizente com o perfil da clientela que você deseja conquistar, incluindo o cardápio e pratos. O cliente idealiza o local de acordo com a proposta divulgada. Caso encontre algo diferente daquilo que imaginaram ou fora da expectativa gerada na divulgação, pode ir embora já na primeira vez antes mesmo de experimentar qualquer prato. Um restaurante japonês que não contém elementos da cultura japonesa, nem mesmo na identidade visual, certamente irá frustrar quem visitá-lo e gerar críticas, por exemplo.

 

5 – Utilize clubes de benefícios e compras coletivas

Oferecer descontos por meio de sites de compras coletivas e clubes de benefícios como Groupon, ChefsClub, Grubster e Restorando são uma boa estratégia. O restaurante oferece um desconto para um horário e dia específicos, estrategicamente selecionados para ocupar mesas ociosas. Os portais acabam por divulgar os restaurantes e os clientes ganham um benefício a mais.

6 – Ofereça um programa de pontos

Uma ferramenta interessante e que pode te ajudar na missão de como atrair clientes para restaurante é investir em programa de pontos. Quanto mais o cliente consumir, mais pontos ele acumula e pode trocá-los por benefícios que variam entre descontos ou bebidas, refeições e sobremesas. Além dos tradicionais cartões de pontos, você pode utilizar um aplicativo mobile, o que facilita e muito a vida de pessoas que costumam perder os cartõezinhos. Plataformas como a Easy Easy Apps possibilita que você crie seu aplicativo e adicione a funcionalidade de fidelização de uma maneira fácil.

7 – Participe de festivais e eventos do setor

O mercado de alimentação possui alguns eventos interessantes que reúnem estabelecimentos com ramos alimentícios específicos. Busque incluir seu restaurante em festivais como o BurgerFest ou Restaurant Week. É uma boa oportunidade para colocar seu restaurante no circuito e atrair clientes que ainda não o conhecem.

8 – Tenha presença on-line

Faz tempo que a internet não é apenas mais um cartão de visitas do restaurante, mas sim um importante canal de relacionamento. Tenha uma presença on-line frequente. Atualize cardápios e divulgue novidades e lançamentos em suas redes sociais e website. Estabeleça um canal exclusivo para receber críticas e sugestões. Ofereça promoções, descontos ou cupons on-line para aumentar o engajamento, especialmente para clientes recorrentes.  

9 – Funcionários também divulgam o estabelecimento

Os colaboradores possuem um papel importante no marketing de relacionamento. São eles que se relacionam diretamente com seu o público alvo, e sabem dos gostos e preferências dos clientes que costumam frequentar o local. Estimule-os a divulgar os prêmios recebidos pelo restaurante para reforçar no cliente a confiança em ter escolhido o local. Alinhe com os funcionários informações institucionais como a missão, visão, valores, a composição de cada prato, a proposta do ambiente e a credibilidade do restaurante.

10 – Invista em redes sociais de geolocalização e avaliação

Certifique-se que seu restaurante está cadastrado no Google Maps e em outras redes sociais especializadas em geolocalização e avaliações de locais pelos frequentadores. TripAdvisor, Yelp e Kekanto são alguns exemplos dessas redes sociais. Se o seu negócio possui uma página no Facebook, é possível também fazer esta avaliação, que fica disponível para quem visitar a página. Se o atendimento, os pratos e o local rendem bons comentários da clientela, estimule-os a registrar recomendações positivas nas redes sociais. Os restaurantes com as melhores avaliações ganharão mais seguidores. Turistas costumam visitar esses sites/aplicativos com frequência e podem se tornar novos clientes do seu estabelecimento. Divulgue ofertas e preços especiais.

O maior segredo sobre como atrair clientes para restaurante

A crise econômica trouxe o preço  como um dos principais critérios utilizados pelo cliente ao escolher um local para comer. Um dos maiores erros cometidos por donos de restaurantes é se preocupar em oferecer valores mais baixos para atrair clientes. Mas o excesso de ofertas com valor muito reduzido gera um efeito negativo para si mesmo: não consegue fazer mais promoções e se torna refém do preço mais baixo.

Caso precise alterar o valor de algum prato para se adequar aos custos, provavelmente irá perder clientes já acostumados com os descontos. Quem nunca se deparou com a queixa “Esse restaurante era tão barato quando abriu, agora aumentou tudo! Não compensa mais comer aqui!”?

Se você não tiver saída e não ser baixar o preço, faça da forma correta: REDUZA AS PORÇÕES DE INGREDIENTES do seu prato para não perder lucratividade. Quer ver um exemplo disso? Algumas marcas de barras de chocolate reduziram o peso do chocolate de 130g para 100g, cobrando práticamente o mesmo valor. O mesmo já aconteceu com alguns sorvetes de grandes redes de fastfood. Acha que é coincidência? Não! É foco no lucro 😉 

Para finalizar, podemos dizer que o mais importante é precificar corretamente cada prato vendido, para que seja possível SEMPRE TER UMA MARGEM INTERESSANTE para trabalhar com promoções, programas de fidelidade e outras ideias que você irá criar para fazer os clientes gostarem do seu restaurante por outro detalhe além do preço.

Ofertas e descontos devem ser oferecidos de modo inteligente, em produtos e pratos mais lucrativos e destacados com a Engenharia de Cardápio. Seguindo este cuidado, você não cria expectativas que a longo prazo podem se tornar insustentáveis.

Tem alguma ideia diferente para testar? Comenta aí que a gente dá nossa opinião 😉

Veja nossos modelos de cardápio para restaurante